Capa | Notícias | Confira o boletim informativo desta semana

Confira o boletim informativo desta semana

🔴Junho vermelho: campanha de doação de sangue se inicia em todo o Brasil
🔵Eleições 2022: Entidades do sistema de justiça se reúnem e debatem ferramenta política Tecnologia: Fez um pix errado? Veja opções para reaver o dinheiro
🔴Economia: Congresso aprova salário mínimo de R$ 1.212
🔵Imposto de renda: saiba o que fazer se tiver perdido o prazo de entrega
🔴São João 2022: Ceprama e Vila Palmeira abrem a programação dos festejos juninos
🔵Cultura: confira nossa dica cultural para esta semana


Olá, servidor! Neste mês de junho, a campanha Junho Vermelho traz um momento importante de reflexão e conscientização sobre a importância da doação de sangue e como esse gesto pode, literalmente, salvar vidas.

Além de ajudar a salvar o próximo e fortalecer uma ampla ação de solidariedade, servidor do MP que doa sangue também tem o direito a se afastar por um dia, conforme o art. 153 da Lei 6.107.

Para doar sangue, é fácil, basta se dirigir ao Centro de Hematologia e Hemoterapia do Maranhão (Hemomar). A pessoa precisa, entre outros pré-requisitos, estar saudável, pesar acima de 50 quilos, estar alimentada, levar um documento oficial com foto e não ingerir alimentos gordurosos nas horas que antecedem a doação. Além dos pré-requisitos já conhecidos, antes da doação, o doador passa por uma triagem que avalia outros critérios.        

Em cada doação, uma pessoa doa, no máximo, 450 ml de sangue e essa única doação pode salvar a vida de até quatro pessoas. Vale destacar que, em cerca de um dia, o organismo já repõe a quantidade de sangue que foi retirada na doação. Além disso, doar sangue é um ato seguro e todos os materiais usados no procedimento são descartáveis. 


A FENAMP e a ANSEMP participaram de reunião com a FENAJUD (Federação Nacional dos Trabalhadores do Judiciário nos Estados) e a FENAJUFE (Federação Nacional dos Trabalhadores do Judiciário Federal e Ministério Público da União), na última semana, para dialogar a respeito da criação de uma plataforma da classe trabalhadora. O intuito é reunir, em um mesmo espaço, propostas de interesse dos trabalhadores do sistema de justiça. Além disso, orientar os servidores a apoiar,  no pleito eleitoral deste ano, candidaturas comprometidas com o campo de atuação das Federações. 

As Federações irão sinalizar as pautas a serem defendidas, que dialoguem com a defesa da democracia, do desenvolvimento econômico e do trabalho, da soberania e dos direitos fundamentais da pessoa humana.


Desde o lançamento do Pix em outubro de 2020 pelo Banco Central, fazer transferências bancárias ficou mais fácil, além de gratuito. No entanto, é preciso atenção na hora de preencher os dados para não fazer um Pix errado.

O especialista em fraudes digitais e recuperação de crédito, Afonso Morais, explica que para recuperar o valor de um Pix errado é preciso entrar em contato com a pessoa que recebeu o valor indevidamente.

Não devolver o dinheiro que recebeu indevidamente implica em penalidades previstas no artigo 169 do Código Penal. A pena pode variar de pagamento de multa até detenção de um mês a um ano.


E o Senado Federal aprovou a medida provisória que mantém o valor do salário mínimo em 1.212 reais por mês em 2022. O total leva em conta o Índice Nacional de Preços ao Consumidor de janeiro a novembro de 2021, e a projeção de inflação de dezembro de 2021, por parte do Ministério da Economia. A proposta foi aprovada na última quinta-feira (26).

Segundo o especialista em finanças Marcos Melo, a aprovação da medida garantiu a formalização desse valor ao longo de 2022. Para ele, diante da atual realidade do Brasil, o salário mínimo deveria ser maior. Mas ele ressalta que qualquer aumento, nesse momento, provocaria uma cadeia de desajustes na economia que prejudicaria quem mais depende desse recurso. 

De acordo com o Ministério da Economia, cada real a mais no piso salarial representa uma despesa de quase R$ 365 milhões aos cofres públicos por ano.


A Receita Federal recebeu mais de 36 milhões e 300 mil declarações de imposto de renda até o dia 31 de maio. O número superou a expectativa. Foram 2,1 milhões a mais do que o órgão esperava.Aqueles que não declararam devem ficar atentos às penalidades da Receita. Estes cidadãos estão sujeitos à multa, com valor mínimo de cento e sessenta e cinco reais e setenta e quatro centavos. O contador Marcus Vinícius Coelho orienta o contribuinte a regularizar a situação o quanto antes.

É preciso enviar o IR e, em até 30 dias, pagar a multa pelo atraso. O valor mínimo é de R$ 165,74, mas pode chegar a 20% do imposto devido no ano.

A multa por atraso é gerada no momento da entrega da declaração, mesmo para quem tem restituição a receber. A notificação de lançamento fica junto com o recibo de entrega e o contribuinte terá 30 dias para pagar a multa. Se perder esse prazo, começam a correr juros de mora com base na Selic.


Começa nesta quinta-feira (2) a programação oficial do São João do Maranhão 2022 – O Maior São João do Brasil. Os festejos juninos vão até 31 de julho, em arraiais em toda a cidade. Veja abaixo a programação!

A abertura dos arraiais oficiais do São João do Maranhão 2022, realizado pelo governo, por meio da Secretaria de Estado da Cultura (Secma), ocorre no Ceprama e na Vila Palmeira.

De quinta-feira a domingo, maranhenses e turistas vão poder se encantar com várias atrações como grupos de bumba meu boi dos mais diversos sotaques, tambores de crioula, quadrilhas juninas, shows musicais, grupos alternativos, danças típicas do nosso folclore, em um clima alegre e festivo preparado especialmente para receber a população.

Pra conferir a programação completa é só acessar o site do governo do estado, www.ma.gov.br


Pra encerrar o nosso boletim de hoje, a gente traz nossa dica cultural da semana. Desta vez, nossa sugestão é o romance Torto Arado, do baiano Itamar Vieira Júnior, um absoluto sucesso de vendas que já ultrapassou a marca de 100 mil exemplares vendidos no Brasil, já sendo publicado em diversos países no mundo.

Conta a história de duas irmãs, Bibiana e Belonísia, marcadas por um acidente de infância, e que vivem em condições de trabalho escravo contemporâneo em uma fazenda no sertão da Chapada Diamantina.

Aclamado pela crítica, o livro é uma excelente pedida para você que quer começar uma nova leitura cheia de significado, emoções e reflexões sobre nosso passado escravocrata e as marcas que essa mancha em nossa história deixou para os povos do nosso país. 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.