Capa | DESTAQUE | Sindsemp-MA parabeniza Eduardo Nicolau, nomeado procurador-geral de justiça para o biênio 2022-2024

Sindsemp-MA parabeniza Eduardo Nicolau, nomeado procurador-geral de justiça para o biênio 2022-2024

A Diretoria do Sindsemp-MA parabeniza o procurador-geral de justiça, Eduardo Jorge Hiluy Nicolau, por sua eleição e nomeação para continuar a chefiar, pelos próximos dois anos, o Ministério Público do Maranhão. Eduardo Nicolau foi nomeado pelo governador do Maranhão, Carlos Brandão, na manhã desta terça-feira (24), para o cargo de procurador-geral de justiça no biênio 2022-2024. Com isso, o atual PGJ permanece à frente do Ministério Público do Maranhão.

Para a diretora-presidenta do Sindsemp-MA, Vânia Leal Nunes, a eleição de Eduardo Nicolau representa a manutenção do diálogo entre os servidores e a PGJ, bem como dos esforços conjuntos pela valorização da categoria.

“Parabenizamos e desejamos sucesso ao Dr. Eduardo Nicolau em mais esse mandato à frente do MPMA. Que possamos continuar a nossa relação harmoniosa, trabalhando em conjunto para um MP cada vez mais forte e atuante”, destacou Vânia Leal.

Eleição

Eduardo Nicolau foi o mais votado na eleição realizada na última segunda-feira, 23. O atual procurador-geral de justiça obteve 264 votos de membros e promotores da instituição, sendo 200 votos únicos.

Após a divulgação do resultado da eleição, a Comissão Eleitoral – composta pelos procuradores de justiça José Antonio Oliveira Bents (presidente), Krishnamurti Lopes Mendes França, Flávia Tereza de Viveiros Vieira (como titulares) e Mariléa Campos dos Santos Costa (como suplente) – levou o resultado ao Palácio dos Leões, sede do Governo do Maranhão. O secretário-chefe da Casa Civil, Sebastião Madeira, o secretário de Estado de Articulação Política, Rubens Pereira, e a secretária-chefe do Gabinete do Governador, Luzia Waquim, receberam o documento.

Conforme a Constituição Federal, ao chefe do Executivo compete a escolha do procurador-geral de justiça, a partir da lista tríplice encaminhada pelo Ministério Público.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.