Capa | DESTAQUE | Sindsemp/MA apresenta demandas dos servidores no debate com candidatos a PGJ

Sindsemp/MA apresenta demandas dos servidores no debate com candidatos a PGJ

DSC07470

O debate contou com a presença de membros e servidores do MP/MA. (Fotos: Letícia Maciel)

O Sindsemp/MA participou hoje (13) do debate dos candidatos a procurador-geral de Justiça, no qual foram apresentadas as propostas de gestão de cada um para o biênio 2016/2018.

Um total de quatro promotores disputam vaga na lista tríplice, que será definida em votação na próxima segunda-feira (16): Justino da Silva Guimarães, Luís Gonzaga Martins Coelho, Marco Aurélio Batista Barros e José Augusto Cutrim Gomes. A lista com os nomes dos candidatos mais votados será encaminhada ao governador do estado, que nomeará o novo procurador-geral de Justiça.

O Sindsemp/MA, representado pela presidente Vânia Leal e o diretor de Finanças Dionatã Lima, juntamente com a Asfupema, representada pelo presidente Edmar Macêdo pela primeira secretária Vicemir Fontenelle,  levantou aos candidatos questões referentes às demandas da categoria, solicitando apresentação de propostas acerca do Plano de Cargos, Carreiras e Salários (PCCS), manutenção dos 21,7%, reposição inflacionária, revisão do auxílio-alimentação, criação do auxílio-saúde, regulamentação de plantões e ressarcimento por serviços eleitorais.

DSC07477

Os candidatos destacaram a necessidade de priorizar o diálogo entre a PGJ e os servidores.

No geral, os quatro candidatos comprometeram-se em manter o diálogo e as negociações com os servidores: “Se chegarmos a procurador-geral, nossas portas estarão abertas para receber os servidores e tratar cada pleito com muita seriedade e empenho para resolvê-los”, destacou o candidato Marco Aurélio Barros.

Do mesmo modo, o candidato Justino Guimarães afirmou a necessidade de manter uma boa relação com a categoria: “No prazo dos primeiros três meses, entendo que devam ser priorizadas questões como a reposição inflacionária, já encaminhada pela atual gestão, assim como a revisão do Plano de Cargos e Carreiras, que está incluída no meu plano de gestão”, acrescentou.

Já candidato Luiz Gonzaga Martins lembrou medidas tomadas enquanto diretor geral da PGJ: “Concedemos os 21,7% com decisão já transitada em julgado, assim como estamos avançando nas tratativas com o governo do estado sobre a reposição inflacionária. Diferentemente de outros órgãos como os do Poder Judiciário e o Tribunal de Contas, nós possuímos recursos garantidos no nosso orçamento”, disse.

Tais demandas também foram reiteradas pelo candidato José Augusto Cutrim: “Além das questões que envolvem despesas financeiras, como a reposição inflacionária, a próxima gestão deve se comprometer com a questão dos plantões dos servidores, pois isso é uma injustiça sem medida e não quero que ninguém trabalhe sem receber a contraprestação do seu serviço”.

DSC07440

Pautas como reposição inflacionária, PCC’s e regulamentação de plantões foram apresentadas aos candidatos.

Ao fim do debate na presença dos membros e servidores, o Sindsemp/MA entregou a cada um dos candidatos uma carta-compromisso, na qual é firmado o acordo em buscar soluções para as reivindicações da categoria.

De acordo com a presidente do Sindsemp/MA, Vânia Leal, o momento é oportuno para estabelecer, de já, o bom relacionamento com a próxima gestão: “Eles estão a par das necessidades mais urgentes dos servidores e já podem ir avaliando e planejando possíveis ações para atender nossas demandas, qualquer que seja o escolhido”, ressaltou.

Acesse aqui o modelo da carta-compromisso assinada pelos candidatos a procurador-geral de Justiça.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.