Dia das Mães: desafios da maternidade na pandemia

Neste domingo, 9 de maio, o Brasil celebra o Dia das Mães, pela segunda vez num contexto de pandemia. O cenário, que é preocupante, trouxe também desafios para um dos papéis mais desafiadores da vida de uma mulher: a maternidade.

Há muito tempo o avental todo sujo de ovo não define o significado de ser mãe. A mulher de hoje é dinâmica e multifacetada e a maternidade é apenas mais uma de suas facetas, provavelmente a mais importante, a mais complexa e a mais apaixonante delas.

A luta das mulheres pela conquista de seu espaço na sociedade, em especial no mercado de trabalho, é uma história que permeia a trajetória da humanidade. Com a pandemia, os esforços das mulheres para conciliarem as muitas facetas de suas vidas parecem exigir novos esforços, num contexto cada vez mais desafiador.

Home office e isolamento

Além dos cuidados diretos aos filhos, muitas mães dividem o tempo com o trabalho para o sustento da casa. Para as mães que estão em home office, esses papéis podem, com frequência, se confundir, trazendo ainda mais responsabilidades com as tarefas domésticas, além de outras ocupações.

Segundo dados de 2019 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, o Brasil tem perto de 21,3 milhões de domicílios sob a responsabilidade de mulheres. Elas também ainda assumem um volume maior de afazeres domésticos e cuidados com outras pessoas da família – dedicam pelo menos 10,4 horas semanais a mais com isso que os homens.

Como isso pode afetar as mulheres

Neste contexto, muitas mulheres podem sofrer desgaste mental e aumento nas crises de ansiedade na tentativa de “dar conta de tudo” e executar, com perfeição, as tarefas domésticas, os cuidados com os filhos, a vida amorosa com os parceiros, e as tarefas no trabalho. A suspensão das aulas presenciais também torna a presença dos filhos em casa constante, o que também aumenta as responsabilidades maternas, com a dificuldade de se manter redes de apoio (como a escola, os avós ou babás).

Como melhorar a qualidade de vida com a maternidade na pandemia

  • Evite buscar a perfeição: você não precisa ser perfeita. Você já é a melhor mãe que pode ser. Evite buscar a perfeição no trabalho, no lar e na maternidade. O perfeccionismo, apesar de nos fazer alcançar sempre altos padrões de qualidade em tudo que fazemos, também pode iniciar um doloroso processo de ansiedade e autocobrança.
  • Baixe as expectativas: parte do processo de evitar a busca da perfeição vem de uma diminuição das expectativas. Não espere que tudo dê certo todos os dias, que seus filhos sempre obedeçam às regras, que tudo saia como planejado. Isso alivia as frustrações e ajuda a lidar melhor com planos que eventualmente não dão certo.
  • Aceite que está tudo bem não dar conta de tudo.
  • Respeite seus limites: estabeleça horários para as atividades diárias de seus filhos. Saiba pedir ajuda – para o companheiro, amigos ou familiares. Aceite que você também tem limites que precisam ser respeitados.
  • Ache um tempo pra você: pode ser cinco minutos de autocuidado no banho ou meia-hora para ver um episódio de uma série. Separe um tempo – não importa quão pequeno seja – para fazer algo por você. Cuide de você, pois você é o seu bem mais precioso. Cuidar de você significa, indiretamente, cuidar de seus filhos – pois você estará mais forte e mais feliz para viver uma boa vida ao lado deles.
  • Fortaleça sua relação com seus filhos: aproveite o home office e o período em casa para se aproximar de seus filhos e estreitar ainda mais os laços.
  • Busque ajuda se for preciso: faça terapia, converse com amigos, divida suas angústias. Quando desabafamos, nos sentimos mais aliviados e mais tranquilos para seguir em frente. Ter alguém com quem contar diminui também as chances de desenvolver quadros graves de ansiedade.

Dia das Mães

Este Dia das Mães, assim como ano passado, está diferente. Sabemos que continuamos a enfrentar um dos piores momentos da história, mas, juntos, sairemos dessa. O Sindsemp-Ma gostaria de abraçar cada mãe que faz parte da vida de nossos filiados, mas, na ausência desse abraço, enviamos nossa homenagem e nosso muito obrigado a cada mãe que educa homens e mulheres para a nossa sociedade. Conte sempre com a gente.

Sindsemp-MA, sempre com você.

Verifique também

Convocação – Conselho Fiscal

Conselheiros fiscais, atenção para a convocação! 📌 O Conselho Fiscal do Sindicato dos Servidores do …

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.