Capa | DESTAQUE | Reposição inflacionária e 21,7% são foco de debate em novo ciclo de plenárias do Sindsemp/MA

Reposição inflacionária e 21,7% são foco de debate em novo ciclo de plenárias do Sindsemp/MA

plenarias

Novas reuniões de diálogo serão realizadas nos dias 09 a 11 de outubro. (Fotos: Letícia Maciel)

Em plenárias realizadas nos dias 29 e 31 de agosto e 01 de setembro, o Sindicato dos Servidores do Ministério Público do Estado do Maranhão (Sindsemp/MA) reuniu os servidores da capital para dirimir dúvidas acerca da reposição inflacionária, manutenção dos 21,7% e andamento das negociações do Plano de Cargos e Carreiras (PCCs).

As reuniões de discussão foram realizadas nos auditórios do Sindsemp/MA, da Procuradoria Geral de Justiça (PGJ) e das Promotorias da Capital, respectivamente, com o objetivo de facilitar a participação dos servidores e, dessa forma, ampliar o debate e definições sobre novos encaminhamentos.

No atual cenário, as reuniões de diálogo com a PGJ têm priorizado a manutenção dos 21,7%, diante da resistência por parte do Governo do Estado em reconhecer tal direito aos servidores de todos os Poderes.

A reposição inflacionária, outro ponto destacado pela categoria, também tem encontrado barreiras para ser efetivada, visto que a suplementação financeira do Governo Estadual ainda não foi disponibilizada. De acordo com a Assessoria da PGJ, uma nova reunião para negociação com o governador Flávio Dino está prevista para o dia 09 de setembro.

De acordo com o presidente do Sindsemp/MA, Valdeny Barros, o ciclo de plenárias sindicais para discussão dessas demandas terá continuidade nos dias 09 a 11 de outubro, período em que serão realizadas assembleias gerais com servidores de todo o estado.

“Decidimos esperar para essa data como prazo para avaliarmos o quadro porque, até lá, espera-se que já tenha ocorrido o julgamento da rescisória do Tribunal de Justiça e transitada a nossa decisão acerca dos 21,7%. A expectativa é que nesse período já tenhamos um cenário mais definido tanto sobre os 21,7% quanto sobre a reposição inflacionária e assim possamos traçar novas rotas”, explica Valdeny Barros.

Também haverá audiência com a PGJ nessa data, e é importante que toda a categoria participe com suas dúvidas e reivindicações.

“Temos que ser políticos e não perder o foco, permanecendo sempre ao lado da Administração Superior para cobrar, negociar e fazer as coisas acontecerem. Não podemos descansar”, destaca o servidor Edmar Aguiar.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.