Azulejos portugueses na fachada dos casarões do Centro Histórico de São Luís. Foto: Divulgação/Embratur

Aniversário de São Luís: conheça a história de Ilha do Amor

Com informações do site Turismo São Luís

Azulejos portugueses na fachada dos casarões do Centro Histórico de São Luís. Foto: Divulgação/Embratur

Neste dia 8 de setembro, São Luís completa 410 anos de fundação. Na Ilha do Amor, também conhecida como Jamaica Brasileira ou Cidade dos Azulejos, muita história se acumula em cada beco, rua, ladeira. Você conhece a história de fundação da nossa cidade?

São Luís foi fundada em 08 de setembro de 1612, quando uma expedição francesa comandada pelo conquistador francês Daniel de La Touche (Senhor de La Ravardière), com apoio da rainha regente Maria de Médicis, parte de Saint-Malo, na Bretanha, para fundar a “França Equinocial”, na região dos trópicos. A cidade, que recebeu o nome de São Luís em homenagem ao rei da França, passou ao domínio português logo depois, em 1615, dando fim ao projeto de criação da nova colônia francesa.

Além de ser um dos destinos turísticos mais bonitos do País, São Luís é conhecido por abrigar o maior número de azulejos portugueses da América Latina.

A cidade é conhecida por vários nomes, dentre os quais “Cidade dos Azulejos”, porque as fachadas do nosso Centro Históricos são uma bela manifestação dessa arte; e “Atenas Brasileira”, porque muitos escritores nasceram aqui, tais como Aluísio Azevedo e Graça Aranha.

Após guerrilha que durou cerca de três anos e uma violenta batalha que levou à morte de muitas pessoas, os holandeses foram expulsos de São Luís em 1644. A partir daí, os portugueses passaram a criar mecanismos de incentivo para a colonização da região. 

Neste dia 8 de setembro, o Sindsemp-MA deseja que nossa cidade possa crescer e se desenvolver ainda mais, transformando-se numa referência de qualidade de vida, história, cultura e felicidade!

Parabéns, São Luís!

Verifique também

MPMA é o pior no ranking de transparência do TCE-MA

Entidade recebeu nota C, ficando em último lugar no ranking dos Poderes e Órgãos estaduais. …

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.