Assembleia Legislativa do Maranhão aprova projeto 193/2016

dsc09063
A votação do projeto foi realizada na manhã desta quarta-feira (14). (Fotos: Letícia Maciel)

Após participar da cerimônia de hasteamento da bandeira na sede da Procuradoria Geral de Justiça (PGJ) em homenagem ao Dia Nacional do Ministério Público, a Diretoria do Sindsemp/MA acompanhou a votação do projeto n° 193/2016, realizada nesta quarta-feira (14) na Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão.
Representado pela presidente, Vânia Leal, e pelo diretor de Finanças, Dionatã Lima, o Sindsemp/MA visitou o gabinete do deputado Marco Aurélio (PcdoB) e do presidente interino da Alema, Othelino Neto (PcdoB), e solicitou a aprovação do projeto em questão.

dsc09034
O Sindsemp/MA solicitou apoio aos deputados Marco Aurélio e Othelino Neto.

Aprovado em primeiro turno juntamente com requerimento de urgência do deputado Eduardo Braide (PMN), o projeto de lei seguiu para votação em segundo turno realizada logo depois, em sessão extraordinária que decidiu pela aprovação da proposta por unanimidade. O projeto agora segue para sanção do Governo do Estado.
A Diretoria aproveitou a ocasião para acompanhar também o processo referente à reposição inflacionária de 2014, encaminhado pela Administração Superior da PGJ no mês de junho e que solicita suporte financeiro para o pagamento do índice de 6,41%.
“Apesar do processo da reposição inflacionária ainda não ter tramitado, continuamos na luta e comemoramos a aprovação do projeto 193, pois representa uma grande vitória para nossa categoria”, acrescentou a presidente do Sindsemp/MA, Vânia Leal.

O procurador-geral de justiça, Luiz Gonzaga Martins, e o diretor-geral da PGJ, Emannuel Guterres, também estiveram presentes para acompanhar a sessão que votou o projeto e prestou homenagem ao MP/MA pelo Dia Nacional do Ministério Público.

dsc09086

Verifique também

MPMA é o pior no ranking de transparência do TCE-MA

Entidade recebeu nota C, ficando em último lugar no ranking dos Poderes e Órgãos estaduais. …

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.