Bancários maranhenses se preparam para paralização nacional esta semana

Em assembleia realizada nesta sexta-feira (14), na sede do SEEB-MA, no Centro de São Luís, os bancários organizaram os últimos detalhes da greve que começa na terça-feira, dia 18. A paralisação é por tempo indeterminado e atingirá bancos públicos e privados de todo o país.

Durante a assembleia, os trabalhadores avaliaram negativamente as propostas específicas da Caixa e do Banco do Brasil apresentadas hoje (14) em São Paulo. Para o presidente do SEEB-MA, José Maria Nascimento, as propostas são rebaixadas e não atendem às reivindicações dos bancários, como: reajuste de 23%, isonomia, reposição das perdas salariais, jornada de 6h, combate ao assédio moral, contratação de mais bancários, entre outras.

Diante da intransigência dos banqueiros e do Governo Federal, que se recusam a avançar nas negociações, os bancários ratificaram que o único caminho para arrancar uma proposta digna é a GREVE! Os bancários maranhenses já estão mobilizados e munidos com materiais do movimento grevista.

Em outros estados, as assembleias de organização foram marcadas para o dia 17, prazo limite estabelecido pelos bancários brasileiros para que a classe patronal apresente uma proposta digna e evite a greve da categoria.

Com informações da Ascom/SEEB-MA

Verifique também

Eleição para PGJ do MPMA se aproxima sem compromisso dos candidatos para com os servidores

Com a aproximação da eleição para o cargo de Procurador-Geral de Justiça (PGJ) do Ministério …

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.