Confira o Boletim Informativo desta semana

Serviço público: Bolsonaro reduz  em 11% reserva do orçamento para reajuste de servidores

Eleições 2022: Conheça a plataforma dos trabalhadores e trabalhadoras do sistema de justiça 

Política: TSE derruba vídeos em que Bolsonaro mente a embaixadores e faz ameaças golpistas

Imposto de Renda 2022: Veja se a Receita incluiu você para receber 4º lote do IR 2022

Saúde: Casos de dengue, zika e chikungunya crescem 440% no Maranhão

Cultura: Confira nossa dica cultural da semana

—–

Olá, servidora(a)! Apesar das promessas feitas pelo presidente Jair Bolsonaro, o reajuste a servidores federais não saiu em 2022 e ficou como promessa para o ano que vem. A LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias), que desenha o Orçamento do próximo ano, no entanto, reduziu em 11% a reserva prevista para reforma de carreira do funcionalismo.Em abril, o Ministério da Economia havia reservado R$ 11,7 bilhões para aumentar o salário dos servidores do Poder Executivo, esse valor caiu para R$ 10,5 bilhões.

Segundo cálculos frequentemente mencionados pelo governo, cada 1 ponto percentual de reajuste linear para todos os servidores federais significa um aumento aproximado de R$ 3 bilhões nas despesas da União.

Inicialmente, o presidente prometeu aumento apenas para servidores da Polícia Federal, da Polícia Rodoviária Federal e do Depen (Departamento Penitenciário Nacional), mas depois de sucessivos protestos e paralisações das demais categorias, recuou. 

Agora é aguardar a promessa para 2023, que sofre descrédito após o fracasso deste ano.

———

Você já conhece a Plataforma Política das Trabalhadoras e dos Trabalhadores do Sistema de Justiça Brasileiro?

O documento visa estimular o voto consciente, em observância às candidaturas que atuam em defesa dos direitos sociais, trabalhistas, ambientais e previdenciários.

Confira como, nos últimos anos, diversos ataques aos trabalhadores e trabalhadoras da iniciativa privada e do serviço público tentaram enfraquecer os nossos direitos e entenda a importância de escolher candidatos cujas plataformas estejam alinhadas às pautas da nossa categoria.

Em nosso Instagram, fizemos uma postagem especial elencando alguns dos principais projetos de desmonte do serviço público e do Brasil, sofridos pela sociedade brasileira nos últimos anos. Acesse e nos siga: no instagram, somos o @sindsempmaranhao 

—–

——-

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) determinou que sejam retirados das redes sociais vídeos que reproduzem a apresentação feita pelo presidente Jair Bolsonaro (PL) a dezenas de embaixadores estrangeiros no Palácio da Alvorada para repetir teorias da conspiração sobre urnas eletrônicas, desacreditar o sistema eleitoral, promover novas ameaças golpistas e atacar ministros do STF (Supremo Tribunal Federal).

A decisão é do ministro Mauro Campbell Marques, corregedor-geral da Justiça Eleitoral, que determinou a remoção das peças das contas de Bolsonaro no Instagram e no Facebook sob pena de imputação em crime de desobediência.

——

A Receita Federal liberou nesta quarta-feira (24) a consulta ao quarto lote de restituição do Imposto de Renda 2022. Veja mais abaixo como saber se você foi incluído neste lote para receber o dinheiro. O quarto lote será pago no dia 31 de agosto. O dinheiro será creditado na conta informada pelo contribuinte no momento da declaração. O crédito bancário será feito para 4.462.564 contribuintes, totalizando R$ 6 bilhões.

Para saber se o seu pagamento será liberado neste lote, você deve acessar o site da Receita e informar o número do CPF (sem separadores de números, pontos ou traços) e a data de nascimento (digitando apenas os números, sem as barras). A data de nascimento deve ser digitada com dois algarismos para o dia, dois para o mês e quatro para o ano.

———-

O Maranhão registrou um aumento de 440% nos casos de zika, dengue e chikungunya somente nos primeiros oito meses de 2022, é o que apontam dados divulgados pela Secretaria de Estado da Saúde (SES).

De janeiro a agosto deste ano, foram 4925 casos confirmados, somando todas as doenças, enquanto em 2021 foram registrados 841 casos. Ao todo, em 2022, já ocorreram seis mortes por zika e chikungunya. O setor de epidemiologia e controle de doenças da SES alerta para os riscos das doenças transmitidas pelo mosquito Aedes Aegypti.

“Apesar do baixo número de óbitos, ainda é uma doença que pode levar à morte.

As autoridades recomendam um esforço coletivo para combater a proliferação do Aedes aegypti, com medidas que evitem a disseminação de larvas do agente transmissor da dengue, como a manutenção de água parada nas residências e o descarte irregular de lixo, já que a prevenção das doenças se dá principalmente por meio dessas medidas.

—–

Nossa dica cultural desta semana tem um clima de horror, isso porque nesta quarta-feira, dia 24 de agosto, para quem está em São Luís e quer apoiar o cinema independente local, vai poder conferir a exibição de curtas de terror produzidos por alunos do IEMA. 

Os curtas “A Mulher” e “Pesadelo” serão exibidos hoje no Solar Cultural Maria Firmina dos Reis e no Tebas, às 18h30.

Já para quem não está em São Luís, nossa indicação da semana é o filme “Não, Não Olhe!”, do diretor norte-americano Jordan Peele, famoso por redefinir filmes de terror com temáticas que instigam reflexões sobre a luta racial, em filmes como t Corra! e Nós. O longa chega aos cinemas brasileiros amanhã, quinta-feira, 25 de agosto, e traz uma história de ficção científica e terror. Na zona rural da Califórnia, os irmãos OJ (Daniel Kaluuya) e Emerald (Keke Palmer) administram uma grande fazenda de treinamento de cavalos. Mas tudo muda quando seu pai Otis (Keith David) morre de forma misteriosa sob uma nuvem sinistra.

A partir desse momento, moradores de toda a vizinhança passam a testemunhar um mal terrível se aproximando pelo céu e deixando um rastro de morte e destruição.

Verifique também

Edital de convocação – Assembleia Geral 24/02

A Diretora-presidenta do Sindicato dos Servidores do Ministério Público do Estado do Maranhão – SINDSEMP/MA …

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.