Confira o boletim informativo desta semana

Sem impugnações, pleito 2022 do Sindsemp-Ma terá chapa única

Congresso Ordinário da FENAMP acontece no dia 27 de março, dentro da programação do Encontro Nacional dos Servidores do MP

Eleição do Conselho de Representantes Sindicais de base será realizada nas próximas semanas; participe!

Brasil registra mais de 219 mil casos de Covid, novo recorde na pandemia

Estados aprovam congelar ICMS sobre combustíveis até 31 de março.

Olá, servidor! Estamos de volta com nosso boletim informativo semanal neste ano de 2022, desde já desejando que tenhamos um ano feliz e com muitas conquistas para toda a categoria. A gente começa falando sobre a eleição 2022 para os cargos da Diretoria Executiva e Conselho Fiscal do Sindsemp-MA, que irá se realizar nos dias 21, 22 e 23 de fevereiro de 2022. Conforme o calendário eleitoral divulgado em nosso site, com todas as datas e passos referentes à nossa eleição, foi encerrado o prazo para impugnação das chapas e candidatos aos cargos.

Portanto, nosso pleito terá chapa única, a chapa Sempre Avante, Sindsemp!, que é composta da seguinte forma:

Diretor-presidente: Vânia Leal Nunes

Diretor vice-presidente: Dionatã Silva Lima

Diretor Administrativo e Financeiro: Vicemir Teixeira Mota Fontenelle Barros

Diretor de Comunicação: Sherly Maclaine de Jesus Santos

Diretor de Assuntos Jurídicos: Marcos Paulo Leite Soares

Conforme anunciado em nossas redes, não houve candidatos para os cargos do Conselho Fiscal. Deste modo, a eleição ocorrerá na Assembleia Geral Ordinária, conforme regimento eleitoral. Fique atento e participe das nossas eleições! 

O Encontro Nacional dos Servidores do MP 2022 será realizado de 27 a 29 de março, em formato híbrido: virtual e no hotel Cullinan Hplus Premium, em Brasília. Dentro da programação, o II Congresso Ordinário da FENAMP está programado para o primeiro dia do evento, com início às 8 horas. 

Na pauta do Congresso está:

1. Análise de Conjuntura e Balanço Organizativo;

2. Definição da Pauta de Lutas 2022 e Aprovação do Plano de Ação 2022;

3. Prestação de Contas 2021 e Previsão Orçamentária 2022;

4. Proposta de Alteração da Mensalidade;

5. Eleição do sistema diretivo da FENAMP;

6. Outros assuntos.

O edital já foi publicado e pode ser acessado no site da fenamp.

Ainda falando sobre as eleições Sindsemp 2022, fique atento! Nossa eleição dos representantes sindicais de base, que são figuras fundamentais nos nossos processos de tomada de decisões e de lutas por mais direitos, vai ocorrer nas próximas semanas. O Conselho de Representantes Sindicais de Base é um conselho consultivo e deliberativo, que tem poder de decisão, que, na hierarquia do Sindicato, só está abaixo da Assembleia Geral. Na prática, o Conselho pode interferir nas decisões da diretoria e mudar os rumos das nossas ações, especialmente em situações de emergência. 

Nas últimas assembleias, por exemplo, muitas decisões importantes ficaram a cargo desse conselho, por isso é muito importante que o servidor se movimente, se aproxime do sindicato e participe do Conselho, para que possamos estar cada vez mais próximos da categoria. Fique atento!

O Brasil bateu um novo recorde de casos de Covid, nesta quarta-feira (26), com 219.878 infecções registradas. Com isso, a média móvel de casos subiu para 161.870 por dia, 9º dia de recorde e um aumento de 169% em relação aos dados de duas semanas atrás.

O país também registrou 606 mortes por Covid. Com isso, a média móvel de óbitos chegou a 369, aumento de 194%.

Os registros do dia levaram a 624.507 vidas perdidas e 24.553.950 pessoas infectadas desde o início da pandemia.

Os aumentos dos casos e mortes, e das médias ocorrem em meio à expansão da variante ômicron no país.

O Confaz (Conselho Nacional de Política Fazendária), formado pelos secretários da Fazenda de todos os estados e do Distrito Federal, aprovou hoje por unanimidade o congelamento do ICMS sobre os combustíveis até 31 de março de 2022. Eles votaram para fixar o PMPF (Preço Médio Ponderado ao Consumidor Final), que é a base para calcular o imposto. Esse valor é definido a partir de uma pesquisa de preços praticados nos postos a cada 15 dias. Por isso, quanto mais alto o combustível na bomba, maior o valor cobrado pelos estados. A medida já estava em vigor desde novembro do ano passado, e tinha como prazo final o último dia de janeiro. Com a decisão dos secretários, o congelamento vale vale por mais 60 dias. Em nota, o Comsefaz (Comitê Nacional dos Secretários de Fazenda dos Estados e do Distrito Federal) afirmou que só essa ação não será suficiente para conter a alta no preço dos combustíveis.  

Verifique também

Convocação – Conselho Fiscal

Conselheiros fiscais, atenção para a convocação! 📌 O Conselho Fiscal do Sindicato dos Servidores do …

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.