Confira um bibliografia sobre Assédio Moral

O SINJUS-MG disponibilizou uma lista de bibliografia que versa sobre assédio moral. A principal arma para combater esse mal é o conhecimento. Dentre os textos estão artigos, teses, livros e cartilhas para auxiliar o servidor que quer saber mais sobre seus direitos. Entre os autores dos textos estão estudiosos do tema como Margarida Barreto, Marie-France Hirigoyen e Christophe Dejours.

Fonte: http://www.sinjus.com.br

BIBLIOGRAFIA:

AGUIAR, André Luiz Souza. Assédio moral: o direito à indenização pelos maus-tratos e humilhações sofridos no ambiente do trabalho. São Paulo: Ltr, 2006.

ANTUNES, Rosângela Morais, Eu Vítima de assédio moral, Belo Horizonte, MG: Literato, 2006.

BARRETO, Margarida Maria Silveira. Violência, saúde e trabalho: uma jornada de humilhações. São Paulo: EDUC, 2006.

BARRETO, Margarida/ Berenchetein Netto, Nilson/ Pereira Batista, Lourival/ Do assédio moral à morte de si: significados sociais do suicídio no trabalho. São Paulo: Matsunaga, 2011.

DEJOURS, Christophe. A loucura do trabalho: estudo de psicopatologia do trabalho. São Paulo: Cortez – Oboré, 1992.

DEJOURS, Christophe. Psicodinâmica do trabalho, contribuições da Escola Dejouriana à análise da relação prazer, sofrimento e trabalho. Christophe Dejours, Elisabeth Abdoucheli, Christian Jayet, coordenação Maria Irene Stocco Betiol. São Paulo: Atlas, 2010.
FREUD, Sigmund, Luto e melancolia.

FREUD, Sigmund, .Construções em análise.

FOUCAULT, Michel. Microfísica do Poder. Rio de Janeiro: Edições Graal, 1986.

FREITAS, Maria Ester/HELOANI, José Roberto/ Barreto, Margarida. Assédio Moral no Trabalho. São Paulo: Cengage Learning, 2008.

GARCIA, Ivonet Steinbach. Assédio moral no trabalho: culpa e vergonha pela humilhação social. Ivonete Steinbach Garcia, Suzana da Rosa Tolfo. Curitiba: Juruá, 2011.

HELOANI, José Roberto. Gestão e organização no capitalismo globalizado: história da manipulação psicológica no mundo do trabalho. São Paulo: Atlas, 2003.

HELOANI, José Roberto. Os impactos do trabalho sobre a saúde do jornalista no mundo globalizado. FGV.

HIRIGOYEN, Marie-France. Mal-Estar no Trabalho: Redefinindo o Assédio Moral. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2002.

HIRIGOYEN, Marie-France. Assédio Moral, a violência perversa no cotidiano. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2000.

NIETZSCHE, Friedrich Wilhelm, A Genealogia da Moral.

REICH, Wilhelm. Psicologia de Massas do Fascismo.

RIBEIRO, Herval Pina, O Juiz sem a Toga: um estudo da percepção dos juízes sobre trabalho, saúde e democracia no judiciário, Florianópolis: Lagoa Editora, 2005.

SOARES, Leandro Queiroz. Interações socioprofissionais e assédio moral no trabalho: “ou você interage do jeito deles ou vai ser humilhado até não aguentar mais”. São Paulo: Casa do Pisicólogo, 2008.
TROMBETA, Taisa. Características do assédio moral./ Taisa Trombetta, José Carlos Zanelli. Curitiba: Juruá, 2011.

Cartilha Assédio Moral. Sindicato dos químicos, metalúrgicos, Sinjus-MG, Serjusmig.

Cartilha “Combate ao Assédio Moral na Administração Pública’. Sinjus-MG, Serjusmig.

Código de Ética dos Jornalistas Brasileiros.

Convenções Coletivas SJPMG.

Entrevista com Margarida Barreto, médica do trabalho, especialista em Assédio moral.

Entrevista com James C. Hunter, autor de O Monge e o Executivo.

Verifique também

Convocação – Assembleia Geral Extraordinária

O Sindicato dos Servidores do Ministério Público do Estado do Maranhão – SINDSEMP/MA convoca, conforme …

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.