Junho Vermelho: doe sangue e salve vidas

Neste mês que se inicia, a campanha Junho Vermelho traz um momento importante de reflexão e conscientização sobre a importância da doação de sangue e como esse gesto pode, literalmente, salvar vidas.

O mês de junho é o escolhido para a campanha porque é quando os estoques de sangue em todo o Brasil ficam mais baixos, em função das férias escolares de meio do ano, o aumento de doenças respiratórias com a chegada do frio e a seca, além da pandemia da Covid-19, que fazem com que as pessoas fiquem mais em casa.

Além da campanha, iniciada na primeira semana do mês de junho, no dia 14 de junho comemora-se o Dia Mundial do Doador de Sangue.

Servidor do MP que doa sangue

Além de ajudar a salvar o próximo e fortalecer uma ampla ação de solidariedade, servidor do MP que doa sangue também tem o direito a se afastar por um dia, conforme o art. 153 da Lei 6.107:

Art. 153 – O servidor poderá se afastar do exercício funcional desde que devidamente autorizado:

I – sem prejuízo da remuneração: … i) para doação de sangue, por 1 (um) dia.

Por que doar sangue

Quando doamos sangue, fornecemos um produto essencial para a sobrevivência de um indivíduo. Em algumas situações, a transfusão é inevitável, sendo, portanto, essencial que haja sangue em estoque, o qual é conseguido exclusivamente por doação.

Várias são as situações em que uma pessoa necessita de sangue. Entre as situações mais conhecidas, podemos citar as cirurgias de grande porte, transfusão para pacientes com doenças crônicas, como a doença falciforme e após acidentes graves.

Como doar sangue

Para doar sangue, é fácil, basta se dirigir ao Centro de Hematologia e Hemoterapia do Maranhão (Hemomar). A pessoa precisa, entre outros pré-requisitos, estar saudável, pesar acima de 50 quilos, estar alimentada, levar um documento oficial com foto e não ingerir alimentos gordurosos nas horas que antecedem a doação. Além dos pré-requisitos já conhecidos, antes da doação, o doador passa por uma triagem que avalia outros critérios.        

A doação de sangue é um ato voluntário que pode ajudar a salvar muitas vidas. Em cada doação, uma pessoa doa, no máximo, 450 ml de sangue e essa única doação pode salvar a vida de até quatro pessoas. Vale destacar que, em cerca de um dia, o organismo já repõe a quantidade de sangue que foi retirada na doação. Além disso, doar sangue é um ato seguro e todos os materiais usados no procedimento são descartáveis. Desse modo, não há riscos de você ser contaminado ao doar sangue.

Verifique também

Convocação – Conselho Fiscal

Conselheiros fiscais, atenção para a convocação! 📌 O Conselho Fiscal do Sindicato dos Servidores do …

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.