Movimento a Serviço do Brasil avança em campanha contra a reforma administrativa

O Movimento a Serviço do Brasil continua com força! Após a
implementação da campanha com ações integradas nas redes sociais,
mídias offline e imprensa, entramos na fase de consolidação das ideias
defendidas em nossos canais de comunicação.

Ação integrada e influenciadores

Para amplificar o conhecimento sobre o Movimento, a defesa do serviço
público, de servidoras e servidores, teremos ações em parceria com
influenciadores digitais. Na próxima semana, será publicado um vídeo no
canal Tempero Drag, no YouTube, sobre a reforma administrativa, citando
o movimento e trazendo os retrocessos contidos na proposta em
tramitação no Congresso.

Além do canal, outros influenciadores
demonstraram interesse em participar da campanha, como o economista
Eduardo Moreira.

Intensificaremos nossa presença nas redes sociais, mostrando a
necessidade de valorização e importância do serviço público,
promoveremos mais webinars sobre a Reforma Administrativa e
continuaremos apresentando as propostas para a imprensa.

Cenário no Congresso Nacional

Com as vitórias de Arthur Lira para a presidência da Câmara dos
Deputados e de Rodrigo Pacheco para a presidência do Senado Federal, a
pauta governista de ataque ao funcionalismo público deve ser
intensificada. A mobilização conjunta e conscientização da população
sobre a importância do setor público é fundamental. Contamos com você
para nos ajudar na missão da defesa de um serviço público de qualidade,
neste momento tão delicado da nossa história!

Fique por dentro do Movimento a Serviço do Brasil

Clique aqui, entre no grupo do Movimento no Whatsapp e receba em
primeira mão as ações em andamento.
Estamos também no YouTube (Movimento A Serviço do Brasil) e Twitter
(@aservicodobr).

O servidor serve à população. A reforma administrativa serve para quem?
Junte-se ao Movimento a Serviço do Brasil e defenda esta causa!

Verifique também

Convocação – Conselho Fiscal

Conselheiros fiscais, atenção para a convocação! 📌 O Conselho Fiscal do Sindicato dos Servidores do …

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.