Reunião aborda rotinas administrativas do MPMA

A Administração Superior do Ministério Público do Maranhão promoveu, na manhã desta segunda-feira, 29, uma reunião, no auditório da Procuradoria Geral de Justiça, para tratar de rotinas administrativas com membros e servidores. O objetivo foi aprimorar o trabalho interno da instituição. Durante o encontro, representantes das coordenadorias e demais unidades da PGJ apresentaram os serviços oferecidos e os projetos desenvolvidos por cada setor.

Antes da exposição dos coordenadores, a procuradora-geral de justiça, Regina Lúcia de Almeida Rocha, explicou aos presentes o propósito da reunião. “Este é um momento para oportunizar o diálogo e apresentar a situação atual de nossa administração. Neste encontro serão informados todos os planos e projetos elaborados pela instituição”, adiantou.

Regina Rocha também anunciou a criação de novos Centros de Apoio Operacional, a exemplo do da Educação, e a reestruturação dos já existentes. “Estamos buscando elevar o nosso trabalho. Buscamos a descentralização, o trabalho em conjunto”, afirmou a procuradora-geral de justiça.

Em seguida, a diretora da Secretaria para Assuntos Institucionais, Fabíola Fernandes Faheína Ferreira, apresentou as campanhas já desenvolvidas pelo MPMA no decorrer da atual administração. A promotora de justiça informou que uma comissão foi formada para discutir e adaptar ao contexto local a Campanha pela Valorização da Vida, elaborada pelo Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP), com o objetivo de diminuir o índice de criminalidade no país. “Estamos abertos a sugestões. Todas as coordenadorias estão prontas para receber as ideias de vocês. Nós temos que trabalhar em conjunto”.

Logo após, o diretor-geral da PGJ, Luiz Gonzaga Martins Coelho, anunciou que foram enviados aos e-mails dos promotores de justiça propostas que alteram os fluxogramas dos processos administrativos. Os membros do MPMA têm 10 dias a partir desta segunda-feira para apresentarem sugestões sobre o assunto. O objetivo é tornar mais célere o trâmite dos processos, desburocratizando-os.

“Nós queremos aproximar a administração de nossas unidades gestoras, buscando fortalecer a nossa instituição”, disse Luiz Gonzaga Coelho, durante a sua explanação.

EXPOSIÇÃO

Durante a reunião, os servidores, chefes das coordenadorias e unidades da PGJ, apresentaram painéis sobre os serviços oferecidos, os trabalhos executados diariamente e os problemas mais recorrentes observados em cada setor.

As coordenadorias foram representadas por Graça Mendonça, Alexandre Alves e Rosemiro Setúbal (Administração), José Ribamar Rodrigues Furtado (Serviços Gerais), Alan Robert da Silva Ribeiro (Tecnologia e Informática), Ivoneide Queiroz Santos (Gestão de Pessoas), Carmen Paixão Viana (Controle Interno), Carlos Alberto Barros Júnior (Auditoria), Luselias Lopes (Planejamento), Rodrigo Caldas Freitas (Comunicação), Tatiana Alves de Paula (Orçamento e Finanças), Maria dos Remédios Ribeiro (Biblioteca). Também se apresentaram Andréa Nogueira (Cerimonial) e Aguida Vilanova Soares (Gabinete Médico).

Os coordenadores discorreram sobre assuntos como solicitação de materiais, processos de licitação, implantação de novos sistemas de informática, locação de imóveis, cuidados básicos na aplicação do adiantamento, notas fiscais, adesão ao Gespública, emissão de passagens, relatório de viagem, divulgação de notícias, controle de finanças, atestados médicos, avaliação de documentos entre outros.

Verifique também

MPMA é o pior no ranking de transparência do TCE-MA

Entidade recebeu nota C, ficando em último lugar no ranking dos Poderes e Órgãos estaduais. …

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.