Capa | DESTAQUE | Dia Mundial da Saúde Mental: veja 5 dicas para cuidar da mente

Dia Mundial da Saúde Mental: veja 5 dicas para cuidar da mente

Hábitos mais saudáveis podem garantir uma mente mais feliz. Confira:

Neste dia 10 de outubro comemora-se o Dia Mundial da Saúde Mental, um lembrete de que você não está sozinho e que é preciso falar dos cuidados com a mente para alcançar maior qualidade de vida.

Cultivar hábitos e atividades que proporcionem bem-estar, praticar o autoconhecimento e procurar ajuda profissional são algumas atitudes que podem garantir uma mente mais saudável e equilibrada e, consequentemente, mais feliz.

Confira 5 dicas para começar hoje a cuidar da sua saúde mental.

1. Pratique exercícios

Você não precisa gastar horas diárias na academia para ganhar os benefícios que a prática regular de atividade física traz. Basta encontrar um exercício que proporcione prazer e bem-estar e dedicar alguns minutos diários para isso, como dança, yoga, corrida, caminhada.

Os exercícios regulares podem auxiliar na redução do estresse, manutenção do peso durante um período de maior tendência a consumir alimentos calóricos e bebidas alcoólicas, além de ajudar no sono.

2. Ouça música

Músicas podem ativar diversas áreas do cérebro em concomitância, auxiliando no aprendizado e foco. Ouvir música não é só um entretenimento e uma medida para acalmar e relaxar – ela pode trazer diversos benefícios para a saúde, como alívio de dores, melhora da memória e até mesmo um estímulo para a prática de atividade física.

Por isso, dedique diariamente alguns minutos para ouvir músicas que te tragam boas sensações e, aos poucos, notará uma redução no estresse e até mesmo na ansiedade.

3. Durma com qualidade

Investir numa boa noite de sono, seja no tempo necessário para garantir o pleno descanso do organismo ou num ambiente propício para o descanso, significa investir em mais saúde e qualidade de vida.

Organize a sua rotina para que a hora de dormir se torne um momento de desligamento e redução de estímulos.

A maioria das pessoas sabe que a cafeína contribui para a insônia, mas o álcool e a nicotina também. O álcool inicialmente deprime o sistema nervoso, o que ajuda algumas pessoas a adormecer, mas os efeitos desaparecem em poucas horas, e as pessoas acordam. A nicotina é um estimulante, que acelera a frequência cardíaca e o pensamento. Cessar o uso dessas substâncias seria ótimo, se não evitá-las, antes de dormir pode ajudar.

4. Cultivar boas relações

Fortalecer os laços sociais com pessoas que trazem a sensação de bem-estar pode ser uma iniciativa fantástica para a saúde mental. Por isso, cultive suas amizades e relações familiares, desde que sejam relações que tragam benefícios e impactos positivos para a sua vida. Além de poder contar com um suporte emocional para momentos de angústia mental, as boas relações também podem ajudar a evitar o isolamento – sintoma comum em pessoas que enfrentam transtornos mentais, como a depressão.

5. Busque ajuda: faça terapia

Você não precisa ter um grande trauma para superar ou uma grande angústia para começar a fazer terapia. Terapia é para todo mundo, desde que haja alguma queixa, uma vontade de se conhecer melhor e trabalhar questões que afetam suas relações interpessoais.

Qualquer incômodo sobre os rumos da própria vida já são um motivo válido para procurar um psicanalista ou psicólogo – profissionais que irão fazer uma escuta ativa e sem julgamentos para auxiliar você na sua jornada de autoconhecimento e cuidados mentais. Confira nesse post por que começar a fazer terapia hoje mesmo.

Lembramos que, caso precise de ajuda, você pode ligar para o Centro de Valorização da Vida, o disque 188. No Brasil, o CVV, Centro de Valorização da Vida, realiza apoio emocional e prevenção do suicídio. O atendimento é feito por voluntários e é de graça. Qualquer pessoa que quer e precisa conversar, com sigilo, pode ligar para o 188, que funciona 24h por dia.

Os servidores associados ao Sindsemp-MA também contam com atendimento psicológico virtual gratuito. Clique aqui e confira todo o regulamento e como ter acesso ao benefício.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.