Sindsemp/MA solicita andamento dos processos protocolados na PGJ

IMG-20160912-WA0008
O prazo para resposta às demandas encaminhadas à PGJ é de 15 dias. (Foto: Sindsemp/MA)

O Sindsemp/MA protocolou nesta segunda-feira (12) o ofício n° 32/2016, que solicita à Procuradoria Geral de Justiça (PGJ) o andamento dos processos já encaminhados à Instituição.

Considerando que o prazo para manifestação da Administração Superior acerca das demandas protocoladas ultrapassou o limite de 15 dias, estipulado pela Ordem de Serviço n° 005/2011, o Sindicato reiterou o pedido de resposta sobre reivindicações relacionadas ao Auxílio-alimentação, regulamentação do serviço eleitoral e de jornada de trabalho diferenciada, assim como o pedido de isonomia para a concessão de licença de saúde.

A movimentação dos processos pode ser conferida abaixo:

  1. 8340AD/2016 – Assunto: Falta de isonomia entre membros e servidores na concessão de licença por motivo de doença em pessoa da família – Última movimentação: 28/7/2016 para a ASSESSORIA ESPECIAL, totalizando 46 (quarenta e seis) dias sem andamento.
  2. 8337AD/2016 – Assunto: Jornada Diferenciada – Última movimentação: 28/7/2016 para a ASSESSORIA ESPECIAL, totalizando 46 (quarenta e seis) dias sem andamento.
  3. 9844AD/2016 – Assunto: Auxílio Alimentação – Última movimentação: 23/8/2016 para a ASSESSORIA ESPECIAL, totalizando 20 (vinte) sem andamento.
  4. 8339AD/2016 – Assunto: Serviço eleitoral – Última movimentação: 26/8/2016 para a ASSESSORIA ESPECIAL, totalizando 17 (dezessete) dias sem andamento.

O ofício n° 32/2016, protocolado sob o número 105424D/2016.

Verifique também

Convocação – Conselho Fiscal

Conselheiros fiscais, atenção para a convocação! 📌 O Conselho Fiscal do Sindicato dos Servidores do …

um comentário

  1. Esses dias não são nada comparáveis ao atraso na implantação da reposição inflacionária:

    2014: 594 dias (iniciei em 31/01/2015, dando um mês pra eles se organizarem)
    2015: 229 dias (iniciei em 31/01/2016, pra dar novamente um mês a eles)

    Por que não se fala em reposição inflacionária?

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.